GURPS Phantasy Star

pstarart03Após quase uma década de ostracismo a que condenei o rascunho, resolvi tirar da geladeira esta adaptação para GURPS do RPG mais famoso da SEGA: GURPS Phantasy Star!
Para quem não sabe, no fim da década de 1980, a SEGA lançou para o extinto Master System (um console de 8 bits) um jogo do gênero RPG que foi capaz de arrebatar toda uma geração – Phantasy Star. O RPG era uma mistura de fantasia e ficção-científica, com pistolas lasers, espadas de aço e mágicas coexistindo na mesma batalha, contra seres de mitologia grega e outras criaturas produzidas em laboratório. Hoje, existem vários jogos ambientados no mesmo universo, prolongando a saga, apesar de alguns desvios e evoluções do cenário original. Continuar lendo

Anúncios

GURPS FAQ

GURPS – “Perguntas Frequentes” – 3ª edição

Para aqueles que são veteranos como eu, o site oficial da Steve Jackson Games ainda mantém os links para o FAQ da saudosa terceira edição do Generic Universal Roleplaying System. Mesmo com todo o novo séquito já formado em torno da quarta (e nova e etc.) edição, julguei útil postar aqui o link para a lista de resolução das dúvidas mais intrigantes do mais querido e realista sistema de RPG.
O FAQ da 3ª edição serviu de modo excelente para botar um freio de mão nos jogadores espertinhos, que, com um estalar de dedos e riscar de lápis, aproveitavam as brechas nas regras para criar apelações escandalosas, como usar a mágica Domo Absoluto para prender alguém e, logo em seguida, usar lá dentro a mágica Destruir Ar…
Para matar as saudades dos debates acalorados, clique: GURPS FAQ

GURPS Star Wars

Encontrei esta ambientação há alguns anos, mas não me lembro de qual site ou programa de compartilhamento eu baixei. Nunca vi um texto de RPG achado na Internet tão bem escrito e detalhado quanto este.

Está completamente de acordo com as regras da 3ª edição de GURPS, e tem até uma orientação sobre a hierarquia militar da Aliança Rebelde e do Império. Parece que o texto foi editado por um tal de Estevan Rodrigues Vilhena de Alcântara e escrito por João Carlos von Hohendorff, mas não estou certo disso. Quem souber de mais detalhes sobre este suplemento feito por fãs, deixe informações nos comentários. E é só clicar no link  “anexo” abaixo para iniciar sua aventura numa galáxia muito distante…

GURPS – Star Wars (versão PDF)

GURPS Ômega

Este artigo foi importado de meu outro blog, o Alforje.


Por volta de 1998, aos 19 anos, após passar uma madrugada assistindo a um velho filme de Charlton Heston na Globo, tive a ideia de escrever um cenário para jogar GURPS (3ª edição) com a turma. O título do filme fora traduzido como “A Última Esperança da Terra”. No entanto, cinéfilos preferem usar seu nome original: “The Omega Man”.  Leia mais...
A premissa do filme é simples: a corrida armamentista provocada pela Guerra Fria culminou num conflito bélico no qual armas biológicas foram usadas em escala planetária, seus efeitos colaterais exterminando boa parte da população mundial. Os poucos sobreviventes sofreram mutações e doenças mentais, e, incrivelmente, apenas um homem tornou-se imune ao flagelo apocalíptico.  O filme centraliza sua narrativa nesse homem, que luta pela sobrevivência, confrontando os sobreviventes albinos e dementes em estado terminal.

Na verdade, a versão com Charlton Heston é uma refilmagem de “The Last Man on Earth”, de 1964, com Vincent Price no papel principal. E também temos a recente refilmagem com Will Smith, “I am Legend”, de 2007. Para receber tantos remakes, o tema prova ser interessante, no mínimo. Ao menos para algumas partidas de jogo.
O texto principal de GURPS Ômega foi escrito por mim naquela madrugada de 1998, mas boa parte do suplemento foi baseada em um velho livro de história do Ensino Médio do qual, infelizmente, não lembro título, autores, nem editora. Ficarei devendo esse detalhe.
Para quem se interessar, aí está link para download (formato PDF):  GURPS OMEGA

O Templo da Morte – Aventura

dragao_brasil_001Esta aventura foi publicada originalmente na saudosa revista DRAGON, número 1, página 12, no longínquo ano de 1994. Resolvi convertê-la para GURPS como ferramenta de iniciação de novatos no sistema de Steve Jackson.

A aventura é designada para um grupo de 3 a 5 personagens de 100 pontos, ou 3 de 150. É recomendável que um dos integrantes do grupo seja um mago.

O texto está em formato PDF, a seguir:

O Templo da Morte – GURPS

Bom jogo!